Mudança compartilhada interestadual vale a pena?

Para muitas pessoas, a mudança residencial significa realizar um sonho. Passar a viver em um ambiente diferente pode mudar o modo de se ver a vida e trazer novas oportunidades. No entanto, esse processo envolve uma série de detalhes e custos que exigem muito planejamento para que tudo ocorra sem dores de cabeça. Isso vale especialmente no caso da nova residência ficar distante da atual, em outro estado, por exemplo. Uma solução para reduzir os custos que tem se tornado cada vez mais popular é a mudança compartilhada interestadual.

Não sabe o que é isso? Sem problemas! Organizamos os pontos principais dessa nova modalidade, que, além da economia, pode trazer muitas outras vantagens para a sua mudança. Confira na sequência:

Como funciona a mudança compartilhada?

homem fazendo mudança

Enquanto a mudança exclusiva se resume em contratar uma transportadora para realizar apenas a sua mudança, a compartilhada significa dividir o veículo de transporte com outros contratantes. Nesse caso, tanto o espaço no baú de carga do caminhão quanto os custos do serviço são repartidos entre duas ou mais pessoas.

A mudança compartilhada só é possível quando os endereços de destino dos contratantes estiverem próximos um do outro. Isto é, quando as mudanças forem para um mesmo bairro, município ou, inclusive, para uma mesma região. A distância entre os destinos vai depender das condições determinadas por cada empresa.

É importante enfatizar que, nesta modalidade, a identificação dos pertences de cada um é ainda mais importante do que em uma mudança exclusiva, para que não corra o risco de se misturarem.

Depois de assinar um contrato com a transportadora, os seus itens serão levados até o depósito da empresa e aguardarão até que um outro contratante solicite uma mudança para um endereço de destino próximo ao seu. O prazo máximo que os seus pertences ficarão no depósito varia de empresa a empresa e é pré-definido nas cláusulas do contrato.

Quais as vantagens deste tipo de serviço?

mudança compartilhada

Se uma mudança para um mesmo município pode pesar no bolso, uma mudança para outro estado custa ainda mais. É por esse motivo que a mudança compartilhada interestadual tem sido preferida ao invés da exclusiva.

Ao utilizar o mesmo veículo para realizar mais de uma mudança, a empresa transportadora reduz muito os gastos com combustível, mão de obra e manutenção. Isso afeta diretamente o preço do serviço cobrado de quem contrata, beneficiando todas as partes do acordo.

Outra vantagem é que, pelo fato de seus itens poderem ficar algum tempo no depósito da transportadora, você pode enviar ou retirar algum item até o dia da mudança

Além da mudança compartilhada interestadual ser uma boa opção para economizar, ela também pode oferecer os mesmos serviços adicionais de uma mudança exclusiva. Entre os principais estão: serviço de içamento, disposição de material e mão de obra para embalagem, montagem e desmontagem de móveis, funcionários para realizar o carregamento e descarregamento, entre outros. Vale lembrar que nem todas as empresas disponibilizam todos esses, por isso, consulte com antecedência.  

Valores da mudança compartilhada interestadual

economia com a mudança

O cálculo dos custos de uma mudança compartilhada interestadual não é muito diferente de uma tradicional. Os principais fatores são a distância entre o endereço de origem e o de destino, o volume ocupado dentro do baú de carga e os serviços adicionais, quando requisitados.

Em comparação com o valor de uma mudança particular, o preço de uma mudança compartilhada pode cair para menos da metade. Por exemplo, supondo que o valor médio de uma mudança do Rio de Janeiro para São Paulo é por volta de R$ 6 mil, a compartilhada poderá custar cerca de R$ 2 mil. 

É válido ressaltar que estes valores podem variar de acordo com empresas, por isso é essencial comparar orçamentos antes de escolher. 

E vale a pena?

mudança interestadual

Apesar das vantagens consideráveis nos valores do serviço, nem sempre a mudança compartilhada interestadual é a melhor opção para a sua situação.

O transporte dos seus pertences podem demorar alguns dias a mais do que o esperado, pois a empresa só pode enviá-los depois que um outro contratante solicitar um serviço para um destino próximo ao seu. Existem casos em que a espera é de poucos dias, mas existem outros em que esse prazo pode se estender. Tudo vai depender das particularidades do contrato assinado.

Outro problema que pode ocorrer é a troca e o extravio de itens. Isso só acontece quando a identificação dos pertences não é feita da maneira correta. Por isso, certifique-se de que a transportadora se responsabilizará por essa parte do processo.

Dito isso, se você tem pressa para realizar a sua mudança, esta modalidade talvez não seja a ideal para você. Caso a demora não seja um problema, a mudança compartilhada interestadual é uma ótima forma de economizar nos gastos.

Apesar de ser uma modalidade de mudança que tem ganhado popularidade ultimamente, não são todas as transportadoras que oferecem esse serviço. Uma maneira simples de descobrir quais empresas podem realizar a mudança compartilhada interestadual é através do acesso do aplicativo da Noli, que está disponível na Apple Store e na Google Play Store.

Essa plataforma 100% on-line permite que o usuário informe os dados da sua mudança, ou seja, os locais de origem e destino, a natureza dos objetos a serem levados, se serão necessários ajudantes para o carregamento, se a mudança será para uma casa ou apartamento e qualquer outra informação adicional.

Em seguida, o app seleciona as transportadoras ideais para as suas exigências e calcula o orçamento de cada opção, de forma clara e sem surpresas. Depois disso fica fácil ver qual alternativa se encaixa melhor para a sua situação, inclusive, se a empresa é capaz de oferecer a modalidade de mudança compartilhada.

Não adie mais a sua tão esperada mudança. Abra o app da Noli e faça um orçamento sem compromissos!

Nos siga nas redes sociais para ficar por dentro dos novos conteúdos e dicas da Noli.

Índice do Conteúdo

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.