Box para guardar móveis: vale a pena?

Nem sempre podemos levar todos os móveis de uma casa para outra, durante uma mudança, o que pode acontecer por causa de grandes volumes que não caberão na nova casa. Um box para guardar móveis pode ser uma solução para quem tem apreço por seus pertences, mesmo que não caibam em casa.

O guarda-móveis, serviço já utilizado há anos no Brasil, surgiu da necessidade que clientes tinham de guardar alguns móveis enquanto mudavam de endereço. Hoje, este serviço evoluiu para um público mais amplo e se adaptou muito bem às suas necessidades.

Conhecido como self storage, este novo modelo de arquivo para itens pessoais cresceu nos Estados Unidos e se tornou tendência brasileira por causa da segurança e praticidade com que os móveis podem ser guardados.

Diversos tamanhos de boxes privados podem ser encontrados sob preços e vantagens diferentes, como a infraestrutura do local e adicionais como desmonte, embalagens, além da segurança, pois apenas os responsáveis pelo material guardado têm acesso ao box, diferente de guarda-móveis compartilhados.

Caso você esteja interessado em guardar móveis para realizar a sua mudança, mas está em dúvida, leia este artigo para saber se vale a pena.

Como funciona um box para guardar móveis?

box para guardar móveis - cadeado

O box para guardar móveis é uma alternativa para quem precisa armazenar itens durante uma mudança, ou apenas liberar espaço em sua casa ou empresa. Assim, pronto para atender diversas necessidades, os boxes variam em tamanho e serviço.

Este tipo de depósito é conhecido por ser privativo, ou seja, diferentemente do serviço de guarda-móveis simples, que já era muito comum no Brasil, o self storage inovou com a separação dos itens por pessoa, o que é uma vantagem para quem deseja o mínimo de exposição de itens preciosos e de valor sentimental.

A segurança também é um fator importante para quem contrata este tipo de serviço, já que os boxes são trancados e impossibilitam a visualização do que está em seu interior por pessoas não autorizadas pelo contratante do serviço. Além disso, empresas especializadas neste serviço armazenam os itens sobre paletes e cobertos, proteções contra a umidade.

Para utilizá-los, basta o cliente entrar em contato com uma empresa de self storage e definir o tamanho de box que usará e por quanto tempo. O tempo mínimo estabelecido varia de empresa para empresa, podendo ser de uma semana a um mês.

Este tempo implicará no valor e, para a maioria das empresas que trabalham com boxes, um contrato é definido assim que o serviço é solicitado, com o tempo de uso estipulado. Caso não haja um acordo quanto ao tempo, afinal, é comum não saber quando você precisará dos seus itens novamente, é cobrado que o cliente avise sobre a retirada com quinze dias de antecedência.

 As restrições sobre o tipo de item arquivado são muito simples: não podem ser guardados produtos roubados, perecíveis ou ilegais.

Como saber o tamanho do box necessário para guardar os seus móveis?

móveis de mudança

Pode parecer um desafio, mas calcular o tamanho do box para guardar móveis não é tão complicado quanto parece. A princípio, as pessoas têm dificuldade para dimensionar o espaço que comporta os seus itens por que não estão acostumadas a utilizá-los ou guardá-los em conjunto.

Alguns móveis são mais fáceis de guardar em boxes do que outros porque podem ser empilhados, o que não acontece com móveis grandes como camas e racks. Uma das soluções pensadas pelas empresas de transporte e self storage é o desmonte de móveis, para depois embalá-los, ocupando o mínimo de espaço possível.

Esta especialização do serviço também dispõe do transporte, tanto para recolher, quanto para entregar os pertences guardados, o que facilita muito o processo de mudança, principalmente em reformas pela casa inteira, antes que os móveis sejam transportados para uma nova casa.

A fim de facilitar ainda mais a vida de seus clientes, algumas empresas disponibilizam calculadoras e simuladores de espaço de box para guardar móveis. De maneira simples, os clientes acessam o site do serviço de self storage e adicionam os móveis e a quantidade até finalizarem o cálculo.

A ideia destes simuladores não é garantir o espaço exato que seus clientes precisarão alugar, mas demonstrar um valor aproximado que os auxilie na escolha de quantos itens serão arquivados e quais opções apresentam o melhor custo-benefício.

Preço

Apesar de oferecerem serviços similares e tamanhos padronizados de box para guardar móveis, algumas empresas variam os preços por conta de fatores como a localização, estrutura e espaço com rampas ou plataformas.

Quanto maior a superfície do box, menor é o valor do aluguel. Ou seja, mesmo sendo calculado por metro quadrado, boxes menos altos costumam ter valores menores e serem mais acessíveis, o que é bom por um lado e ruim por outro, especialmente para clientes que demandam de espaços altos para guardar os seus móveis.

Existem empresas que alugam um box de 3 m3 por R$ 100,00 mensais, enquanto outras cobram R$ 390,00 pelo mesmo espaço. De acordo com as necessidades dos clientes, ainda existem variações de tamanhos, como 10 m3 e 50 m3, no qual o primeiro pode ser encontrado por no mínimo R$ 400,00 e o segundo, por R$ 1.200,00.

Não há uma referência clara ao que se trata dos valores que as empresas estipulam, justamente por serem cobrados de acordo com fatores específicos e adequados a diferentes públicos, desde clientes que estão realizando uma mudança, até empresas à procura de espaço para arquivar documentos e guardar um maquinário parado.

Mas vale a pena?

box para guardar móveis

Existem prós e contras em contratar um serviço de armazenagem para móveis, especialmente com a variedade de opções, adequadas para diferentes necessidade

Pensar nos prós e contras de contratar um serviço deste tipo é uma ótima estratégia para saber se vale ou não a pena. Porém, é necessário entender que cada cliente possui uma necessidade específica, com detalhes em comum uns com os outros, mas que d

Avaliar os prós e contras, antes de contratar um serviço como o box para guardar móveis, é o primeiro passo para quem pensa no melhor custo benefício. Entretanto, não é fácil estipular para quem vale, e quem não vale a pena.

Cada cliente possui uma necessidade específica, com pontos em comum com outros clientes, mas é a sua experiência individual que será levada em conta, ao indicar o self storage para outras pessoas, ou não.

Alugar um box para guardar móveis que não são mais utilizados, mas que possuem grande valor sentimental é uma alternativa para quem não tem espaço em casa. Assim como famílias que estão em processo de mudança e, por alguma circunstância, não podem transportar os móveis para a casa nova.

Existem vários cenários, no qual os clientes têm apreço por seus itens, mas não possuem espaço em suas casas. Além da utilização comercial, para empresas que utilizam um arquivo morto, mas pouco utilizam os seus registros e maquinários que estão parados, sem produzir.

No fim das contas, o que importa é estudar as opções que o mercado oferece e alugar um espaço que proteja os seus pertences, mas que, ao mesmo tempo, também caiba em seu bolso.

Conclusão

O setor de transportes evoluiu através da especialização e a criatividade para realizar serviços que são sinônimos de solução. A invenção do box para guardar móveis é uma delas, pela simples adição de espaço para quem não consegue guardar os próprios itens.

Desta forma, ao se mudar, você tem uma série de serviços que completam a sua experiência e tornam a mudança mais leve, como serviços de embalagem, desmonte e montagem de móveis e o armazenamento de itens por tempo variável.

Nos siga nas redes sociais para ficar por dentro dos novos conteúdos e dicas da Noli.

Índice do Conteúdo

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *