Mudar para uma casa nova nunca é fácil, especialmente para seu companheiro. O que para você será uma nova experiência, para ele poderá ser o Armagedom. Confira as dicas para facilitar a adaptação à mudança e não traumatizar seu cachorro.

3 formas de não traumatizar o seu cachorro na casa nova

“O que você fez, Humano? O que você feeeez???”

 

Imagine que você é um fazendeiro e que todo o seu sustento vem do que você planta ou cria. Você tem algumas vacas que produzem leite, algumas galinhas que dão ovos, um lindo pomar que fornece as frutas mais bonitas e saborosas da região. Você mora em uma casa campestre bonita e aconchegante desde criança. O que mais gosta é ouvir os passarinhos cantando e aquele cheiro de grama fresca quando o sol nasce. Ahh, como a vida é boa. E, de repente…

Você é levado para morar na lua!

Como você se sentiria? Pois é exatamente assim que o seu cachorro se sente quando é levado para morar em um local novo e totalmente fora de seu habitat. O lugar que ele levou anos demarcando o território como seu não existe mais. Ele não sabe onde comer, dormir, brincar e nem onde usar o toilet.

Sendo assim, seguem 3 dicas de como (tentar) transformar essa mudança menos traumática possível para não traumatizar seu cachorro:

1 – O novo lar é maior ou menor?

Se for maior, maravilha. Ele irá adorar ter mais espaço para correr e brincar (brinque com ele!). Apenas tenha a certeza de que o local está bem cercado. Agora, se for (bem) menor, tenha a atenção de levá-lo sempre para passear. E não apenas nos 5 metros em frente de sua nova casa. Leve-o para conhecer os parques e a vizinhança.

2 – Ensine tudo novamente como se ele fosse um bebê

Não é fácil, mas ele precisará aprender tudo novamente, principalmente o local de seu novo banheiro. Tenha paciência. Esfregar o focinho dele no chão ou bater não ensinará nada. Afinal, como ele vai saber onde deve ir se você não ensinar?

3 – Não mude drasticamente o ambiente onde ele dormia

Se ele dormia dentro de casa, não o obrigue de cara a dormir do lado de fora. Forçar só irá piorar a situação e fará com que ele se sinta abandonado, podendo latir a noite inteira. A melhor maneira é criar um ambiente mais familiar. Junte seus brinquedos, traga sua caminha e coloque uma toalha com o seu cheiro no local. Isso fará com que não se sinta tão deslocado.

A rapidez da adaptação irá depender diretamente do seu empenho em fazê-lo se sentir mais confortável. Deixe-o conhecer a casa e ver que tudo está como antes, mas em um local novo. Afinal, na cabeça do catioro, a única coisa que importa é que você estará lá para ele. E se precisar transportar seu cachorro além de toda a mudança, pode contar com a Noli!

Orçamento Noli